topbanner

Vida Sobre Rodas, o DVD


Vida Sobre Rodas

Vida Sobre Rodas, o filme chegou. É a história de um período do skate no Brasil, seu relacionamento com o Skate Norte Americano (Califórnia) e mundial.

Quatro nomes de skatistas estão em destaque mas o filme vai além falando sobre outros skatistas que participaram e construíram a cena ou um alicerce desse estilo de vida no Brasil.

Os entrevistados vão contando a história conforme suas lembranças, pontos de vista particular e acredito que isso dê credibilidade ao filme porque as conversas se tornam uma versão consolidada de relatos de vida somado às imagens de fotos e vídeos das épocas que o filme mostra.

Ueda

E quem é que fala então? Bom, gente que viveu do skate e para o skate na época como donos de marcas de skate (empresários), skatistas amadores e profissionais, apresentadores de programas de televisão, editores de revista de skateboard entre outros.

O filme vai acontecendo e nada dos 4 nomes de destaque aparecer “logo de cara” porque a história do skate começa antes e continua depois, de forma que essas quatro pessoas vão ter seu momento certo no filme assim como aconteceu na história.

O filme desperta opiniões diferentes nas pessoas e isso é normal. Alguns viveram os bastidores dessa história, outros foram os protagonistas, outros foram os espectadores e cada um tem a liberdade de pensar o que quiser já que o alcance de visão da realidade e esclarecimento é maior em uns e menor em outros, e tem mais, aqui no Brasil todo mundo quer ser o dono dessa história, “toma ae” uma pedrada na janela, então é fácil escutar críticas positivas e negativas.

Ueda invert

Pessoas como Badeco do programa de tv ‘Grito da Rua’, Daniel Bourqui skatista e fotógrafo profissional que contribuiu muito, Fabio Bolota da revista Tribo Skate e da Overall, Glauco e Jeff locais da Meca do Skate pista de São Bernardo do Campo, Márcio Tanabe dono da Mad Rats (tênis, chupou Vans?!?!?), Jorge Kuge dono da Urgh!, Diorandi, e alguns skatistas americanos ídolos até hoje como Tony Hawk, Christian Hosoi e Tony Magnusson.

Interessante e polêmico o assunto sobre as marcas copiadas. Inocência? Falta de criatividade? Síndrome de Jeca que pensava que ninguém olharia para o Brasil? Skatistas patrocinados por essas marcas “chupadas” falando sobre a difícil posição de ser patrocinado e bancado para ir competir na Europa e encontrar “os originais”. A sacanagem nos treinos como troco. Tony Hawk, Hosoi e Lance Montain falando como foi isso para eles.

Tony Magnusson

O skate foi proibido durante um tempo aqui em São Paulo, nessa época o esporte estava muito forte no Brasil, legal pra caramba andar de skate, a cena estava aquecida com vários skatistas andando com nível técnico alto, estilo de vida e adrenalina faziam a cabeça.

Mureta, quem é esse cara? Mauro Mureta “todo malucão com aquele cabelão” conforme Cris disse, irmão do Mário que arrebentava, Dinho de Santos que foi campeão brasileiro de skate. Digo, Polato Skatepark, Prestige Skatepark, James Bigo, Anshowinhas, Sérgio Negão, Léo Kakinho, cenas na Lipton Skatepark e Parque do Ibirapuera. Americanos revelando algo que jamais esperaríamos ouvir naquela época, que um 540 frontside executado pelo Sérgio Negão era algo difícil de fazer e de uma suposta desmistificação quando brasileiros foram para USA e perceberam que a vida não é uma linha perfeita de skateboard executada num filme editado.

Hosoi

A primeira visita de skatistas “gringos” em terra brasileira,  influência e visão de possibilidades, uma cena, a criação de uma realidade forte que de alguma forma manteve a chama acesa nas épocas difíceis que se sucederam com o Governo e Plano Collor.

O pessoal do Freestyle ficou praticamente com nada de espaço ou muito pouco. É uma história que precisa estar em outro filme,  poderia estar nesse também, talvez no “Extras” do DVD, mas entendo que o Vida Sobre Rodas não tem a pretensão de falar de “Toda História do Skate no Brasil”.

Lance Mountain

Collor e sua política econômica que iniciou a queda da economia no Brasil levando junto todas as empresas de skate e destruindo um alicerce inteiro. São muitos detalhes. Imagens na Ultra Skate Park recém destruída, Paulo Lima da Editora Trip etc etc etc.

O DVD está a venda no e-commerce da Ultra Skate

http://www.ultraskate.com.br/774,55,631-DVD_VIDA_SOBRE_RODAS.htm

Curtam as fotos, assistam a esse filme.

Hosoi no Rio de Janeiro, Copa Itaú

Leo Kakinho

Risada lisérgica

Thronn

Fabio Bolota, Revista Tribo Skate

Charles Putz, idealizador da Wave Park

Not Dead, que participou do filme Bruna Surfistinha

Nelson Mateus, construindo uma pista para seu filho: Paizão da hora

Dinho, campeão vertical brasileiro de skate

Grito da rua: Vinheta de um dos programas mais legais de sk8 de todos os tempos

Jânio proibiu skate em São Paulo: skates apreendidos em uma delegacia

Mureta: Predador?

Glauco: suave

Inocentes tocando no Projeto SP na primeira visita de Tony Hawk e Lance Mountain

Tony Hawk

Collor: depois desse "V" o concreto ruiu, o skate faliu, o Brasil sofreu

Dave Duncan

Cris Mateus: judo air

DVD Vida Sobre Rodas

Bob Burnquist

Thronn

Cris Mateus

Thronn, mandando uma manobra de freestyle no Itaguará Country Club

Orelha executando um clássico invert na pista velha de São Bernardo do Campo

Thronn em seu motor home

Jeff e Narina, pista velha de São Bernardo do Campo: A Meca

Bob Burnquist, lábios de mel

Badeco, Thronn e Neguinho da Anarquia! olhando ali atrás

Alberto Turco Louco e Not Dead

Cris Mateus: aéreo na Ultra Skate Park

Ancine

Guaraná

Bradesco

oakley

kodak, Mega, Lobo

Urgh!, 89!, Africa

Goma

15 Responses to Vida Sobre Rodas, o DVD

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Widgetized Section

Go to Admin » appearance » Widgets » and move a widget into Advertise Widget Zone