topbanner

Um genio passou em L.A.

O Universo da arte aqui na Califórnia especificamente em Los Angeles nunca mais será a mesmo.
A galeria Carmichael situada na La Brea ave, Hollywood bem ao lado do ‘’L.A.Inks’’, traz ao seu espaço uma amostras de artistas geniais.Sesper reconhecio por onde expoe.
Nessa atmosfera dos artistas estão Alex Hornest, Ilia de Btoy, Jim Darling e Sesper?
Variando tipo de material que só artistas usaram estão entre eles, aquarelas no papel, no óleo, acrílico, madeira, tinta acrílica na lona, e na colagem desse material misturado.
Com uma magnífica recepção inalgurativa foi dada abertura para esse evento internacional se não dizer universal .
Depois de ter visto os artista se preparar um dia antes, que estava um verdadeiro campo abras e é emocionante ver aquele espaço se transformando.Arte peciliar de Sesper.
Alex Hornest artista e escultor colocou nas paredes dessa galeria obras voltadas ao seu tempo de absolvição cotidiana vivido em grandes cidades como, São Paulo, New York As.
Suas abras estão aqui retratando o movimento do povo ao meio do caos e imensa energia na rotina de umas metrópoles.”Quadro que por sinal era o mais caro ‘7 mil dólares”.
Fiquei de cara com trabalho de Llia Btoy, com traços finos ela desenvolveu personagens que mais pareciam vindas de algum artista oriental.
Seus personagens tinham olhos e bocas como se fossem desenhos japoneses mangas.
Uma gratificante vista posso dizer,a exposição do Jim estava uma arraso .Ele trouxe quadros que foram montados por pecas ate formar uma figura era alem do d3 convencional e com uma textura sutil na pintura ,com aquarela ficou exuberante.
O inusitado e esperado Sesper do Brasil . Quando chegou trouxe alguns trabalhos ja preparados pra exposicao mas deveriam contruir o seu espaço dentro da galleria.3279525389_a4d3b34a5f Foi providenciado para o grande artista material pra suas produçoes como várias revistas, cola, tinta e papelão.
Os donos da galeria deram tudo sem questionar, pois quem era louco de perguntar o que ele ira fazer! hahahahahhahah
Com habilidade e guiado pelo seu cerebro que funciona na velocidade do vento, Sesper começou a rasgar papel e na minha observação ele tinha milhões de saídas e entradas pra fazer a sua obra.
Quando terminou os diretores da galeria ficaram impressionados ,abismados,felizes e sorrindo.
Sesper artista brasileiro Alexandre “Sesper” Cruz gastou sua adolescência absorvida na música e em skateboarding – rampas do edifício, fazendo os fanzines que documentaram a cena da arte de São Paulo, e as compilações ou coletâneas de gravação k-7. Sesper é o mais conhecido pela sua arte-final e original com temas misturados, ele sem dúvida em dedicação dessa arte tão contemporânea
Usando os materiais recicláveis tal como o papel, papelão, cartão de negócios e madeira como suas superfície e pinturas sobre estes com o pastel e o látex do óleo, incorporando a camada em cima da camada de textura e de cor.Arte  da colagem fluindo.
Um membro da coletividade brasileira ilustre da arte, a ‘’Família Baglione’’, Sesper participa dentro e filma muitas de suas instalações vivas da pintura em galerias em torno de Brasil.
Às 7 horas o público começa a chegar e com uma chuva caindo foi ótima pra plantas e pro pessoal entrar e poder comprar obras de muito bom gosto de 4 feras da arte moderna contemporânea.
Muito requisitado Sesper está bem a vontade dando autógrafos e fluente no inglês tirava dúvidas de todos ali presentes. Circularam nessa exposição cerca de 200 pessoas. A galeria oferecia aos convidados, cerveja da melhor qualidade e sucos orgânicos .
Hávia grandes discuções sobre o trabalho de Sesper entre os convidados .eram conversado em todas as rodinhas em toda exposiçao e nos cantos da grande Galeria Carmichael.
Realmente um gênio passou em Los Angeles em 2009 volte sempre..
Consagrado entre os artistas modernos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *