topbanner

Sumemo encerra Casa de Criadores e desconcerta fashionistas com estética “mano”

CAROLINA VASONE
Editora de Moda, Beleza e Casamento do UOL

No encerramento da edição para o Verão 2012 da Casa de Criadores, um grupo assumidamente de fora da moda desconcertou os fashionistas. Inspiração em desenhos de diversos tatuadores, muitas camisetas, o que importava era menos a coleção, mais a atitude. Esta também foi o argumento de Alex Poisé, dono da grife criada há quatro anos, para justificar as estampas de armas brancas como o soco inglês e os bastões de baseball nada amistosos carregados por algumas das modelos. “Não é uma apologia à violência. É pura atitude”, afirmou.

A imagem agressiva de fato contradizia a mensagem que, intencionalmente ou não, acabou sendo passada. Na passarela da Sumemo não havia espaço para modelos esquálidas e padronizadas. Pelo contrário, eram as popozudas as beldades da apresentação ao lado de tatuados com pose de “mau” mas acompanhados das respectivas crianças e mulheres. Skates fizeram parte da performance que contou ainda com um integrante do mundo da moda, o estilista Dudu Bertholini na versão “mano”, a “paniquete” Dani Bolina e um skatista com deficiência física que desfilou ao lado de crianças com camisetas com a estampa “Social Skate” e de Sandro Testinha, também skatista e responsável por um trabalho social com crianças de baixa renda. “Essa é a minha família”, disse Alex Poisé, sobre os “casting” do desfile. E não houve cara de poucos amigos que pudesse apagar esta sensação de tolerância ao diferente e de união.

Outro destaque da noite, Walério Araújo se inspirou no folclore nordestino para criar um verão mais feliz em relação ao inverno, cujo tema era o luto. Calças em tecido paetizado para homens e mulheres, focos de transparência em tule cor de pele e looks com boas calças brancas masculinas, embalados pelo experiente styling de Paulo Martinez compuseram uma aplaudida coleção.

Ganhadora do projeto Ponto Zero, organizado pela Casa de Criadores para estudantes de moda, Sivia Ferraz, da marca Spirodiro, apresentou sua proposta divertida, com referência a bichos e modelagem confortável para a moda infantil.

Com looks bem usáveis, Luiz Leite apostou no colorido monocromático para a moda masculina, a partir do tingimento artesanal do algodão orgânico. Já Cynthia Hayashi se inspirou nas pedras para estampas esmaecidas e bordados primorosos. Vindo de Fortaleza, Mark Greiner apresentou o trabalho em carreira solo no desfile que comemorou seus dez anos de design de moda. A inspiração veio do velho oeste, com muito couro e transparências nos looks.

Pepe veio de Venice Beach especialmente pro desfile mais badalado, Sumemo rulez

Pepe veio de Venice Beach especialmente pro desfile mais badalado, Sumemo rulez

Matéria extraída do website Uol
http://estilo.uol.com.br/moda/ultimas-noticias/redacao/2011/06/11/sumemo-encerra-casa-de-criadores-e-desconcerta-fashionistas-com-estetica-mano.htm

Parabéns pro Zapoo Man e pra Sumemo e obrigado por usar simbolo do shape Thronn, isso tem poder.
Ibiraboys forever


Leave a Reply

Your email address will not be published.

Widgetized Section

Go to Admin » appearance » Widgets » and move a widget into Advertise Widget Zone