topbanner

Rheumatic Hard Core Session 4 – O massacre de Piracicaba

Texto Rogerio Lemos
Fotos Petronio Vilela

Há tempos não se via tanta gente andando de skate numa mesma pista e com
tanta vontade de gastar os eixos nas bordas e voar o mais alto possível.
Também pudera pois o combustível da sessão era o mais puro skate rock,
misturado com churrasco, amigos e um público alucinado para ver os skatistas
totalmente adrenados no maior massacre de skate que Piracicaba já
presenciou!

O som ficou por conta das bandas One Minute Less, OSSO, Lo-Fi e Mullet
Monster Mafia e dos DJs Never Ends
. A cada apresentação a adrenalina subia
ainda mais e era nítida a expressão de satisfação estampada no rosto da
galera. O tempo abriu contrariando todas as previsões e o sol tomou conta do
dia todo
, ajudando ainda mais na festa. Teve gente que gostou tanto que
acampou nos arredores da pista e mesmo com o final do evento ainda
continuaram a fazer a festa.

 A ilustre Cecília Mãe

A ilustre Cecília Mãe

A Rheumatic Hard Core Session teve sua quarta edição recheada de pros,
amadores, masters vindos de todos os cantos do país como São Paulo, Rio de
Janeiro, Florianópolis, Porto Alegre, Bauru, Sorocaba, Campinas, interior de
SP em peso e até de Natal, Rio Grande do Norte.

Foram mais de 90 inscritos que eram divididos em baterias de 12 skatistas e
no decorrer da sessão ainda tinham a chance de levar prêmios, sendo que a
melhor e a pior manobra também ganhavam os brindes que estavam dentro de
sacos pretos
. Ou seja, ninguém sabia o que estava ganhando e nem muito menos
estavam preocupados em andar para ganhar e sim em fazer uma festa histórica
e que certamente deixará saudades para que a próxima RHCS seja ainda mais
destruidora!

Ari Bason e amigos

Ari Bason e amigos

Rogério Lemos
[web and graphic designer]
www.rogeriolemos.com.br
+55 15 7814 6000

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Widgetized Section

Go to Admin » appearance » Widgets » and move a widget into Advertise Widget Zone