Congratulations! You have successfully installed your theme. However, it may look incomplete at this moment. Do NOT panic as you simply need to configure your Theme Options. Please go through the Theme Options completely and select an option for each setting. After that, you're site will be ready for the world!

topbanner

Brasileiros dão show de skateboard

Por Thronn, texto e fotos.

Maloof Money Cup 2010, Costa Mesa, Califórnia U.S., de 4 de agosto a 8 de agosto.

Bob Burquist, smith back side

Bob Burquist, smith back side

Sandro Dias, 540 to tail

Sandro Dias, 540 to tail

Esse ano o Maloof Money Cup provou que aqui é sem miséria, crise já era e deve ter investido nesse evento mais de 3 milhões de dólares. Hospedagens 5 estrelas, festas todos os dias com celebridades da música e do skateboard.

Pedro Barros, back side air subindo

Pedro Barros, back side air subindo

O filho do ar Lincoln Ueda, Back side Mac twist 540

O filho do ar Lincoln Ueda, Back side Mac twist 540

As gatas mais bonitas desfilavam todos os dias pelo evento com seus corpos sedutores e sexys mostrando a beleza americana. O Público americano adora skateboard, comparecem em peso para torcer pelos seus ídolos e também skatistas de fora.

Pedro Barros, indo pro board slide

Pedro Barros, indo pro board slide

Lincoln Ueda, flip alley up

Lincoln Ueda, flip alley up

Os brasileiros foram muito aplaudidos principalmente a Sandro Dias que tem uma personalidade que nunca muda. Educado e atencioso com todos, com isso o público reconheceu e o tratou com muito carinho, foi aplaudido nas arquibancadas muitas vezes. Ele retribuiu mandando um belo e alto 900 back side na competição de mini mega ramp.

Mestre Christian e Dave Duncan na locução

Mestre Christian e Dave Duncan na locução

Lincoln Ueda, japan air

Lincoln Ueda, japan air

Ele sempre melhora a competição quando está dentro, o Lincoln Ueda é show man. Com seus aéreos altíssimos que chega a dar uma coisa no coração de quem assiste, ele emanou muita energia positiva nos seus vôos. Edgar Vovô está evoluindo muito, marcou presença nesse evento. Marcelo Bastos não passar a classificação foi frustrante porque ele andou muito bem elevando seu nível na altura das manobras.

Mr. Steve Van Doren

Mr. Steve Van Doren

A super camera

A super camera

A cada evento o vertical está com novos adeptos e esse ano tinha muita gente mandando bem. Uma molecada de 11 anos dando 540 com uma base de quem anda de skate no mínimo há 10 anos, algo como super ‘mini’ nível. No amador tivemos a presença de Ítalo que não foi feliz como no XGames e ficou bem para baixo na colocação, mas um ótimo skatista que ainda vai trazer muita coisa boa para o Brasil.

Lizard King, street também pode

Lizard King, street também pode

Gatinhas ligadas nos skatistas

Gatinhas ligadas nos skatistas

Na Mini Mega o Pierre Luc não deu mole e levou mais um título desbancando o favorito Bob Burnquist. A competição de vertical esse ano estava com uma novidade no julgamento, eram somadas as notas do half pipe e das mini mega para sair um resultado final.

Final Mini-Mega / Vert Pro

1. Pierre Luc Gagnon 358.92
2. Bob Burnquist 355.75
3. Andy Macdonald 345.50
4. Bucky Lasek 342.42
5. Sandro Dias 338.92
6. Adam Taylor 334.00
7. Rob Lorifice 334.08
8. Pedro Barros 320.67
9. Elliot Sloan 291.50

Revisão de texto: Betão

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Widgetized Section

Go to Admin » appearance » Widgets » and move a widget into Advertise Widget Zone